quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Mais uma vez estou aqui sentada, com o coração partido, por mais uma vez não saber lidar com os sentimentos e por não me saber controlar. Agora, não me adianta de nada passar o dia na cama a ouvir baladas porque nada vai corrigir os erros que cometi, com outra pessoa que estava disposta a ir até ao fim do mundo por mim.
Decididamente, eu acabo o ano a pensar, e a ter a certeza que sou uma egoísta, que teima em por-se sempre, sempre, sempre em primeiro lugar, sem nunca pensar uma vez que seja nos sentimentos dos outros.
Foi, talvez, o ano mais doce de sempre, e eu, claro, tinha que termina-lo da pior maneira.
Chears, para mim, que nunca vou aprender que o mundo não gira à minha volta!
E um bom ano para todos *

4 comentários:

A Sonhadora disse...

Neste momentos tu és o mais importante de tudo!
As vezes por mais egoista que seja temos de nos preocupar conosco. Se não quem o fará por nós?
Não te culpes, não te julgues. Vai tudo correr pelo melhor :D

Anónimo disse...

Nunca disseste nada tão acertado! O mundo não gira à tua volta. Para, pensa, reflecte, e se achares por bem, corrige. Ainda vais a tempo.

margarida disse...

continuo a achar que as pessoas em anónimo se deviam identificar!
vai, força!

Anónimo disse...

As pessoas em anónimo deviam identificar-se se acharem por bem fazer isso. Por algum motivo existe esta opção, por mim utilizada, de escrever em anónimo. Apenas explicitei a minha opinião quanto ao assunto. Se a opinião não for aceite, a moderadora deste blog poderá e deverá apagar o comentário. Falo pelo que sei.